Autora: Yara de Mello

A Estação Meteorológica Automática Morro da Igreja (A845) (EMAMI) está localizada no Parque Nacional de São Joaquim, em Santa Catarina, nas proximidades da divisa entre os municípios de Bom Jardim da Serra, Urubici e Orleans.

Estação Meteorológica Automática Morro da Igreja (A845). Fonte:http://www.inmet.gov.br/sonabra/maps/fotos/A845.jpg

 

Esta estação faz parte da rede de monitoramento meteorológico e climatológico do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). A EMAMI está situada a uma altitude de 1.790 metros, na Serra Geral, distante aproximadamente 85 km do oceano Atlântico. Estando a uma distância aproximada de 30 km do Morro da Boa Vista (1.827 m), ponto culminante do estado de SC, e 20 km distante do Cânion Espraiado. Podendo ser utilizada como base para um acompanhamento meteorológico da região, apesar de sabermos que o tempo nas montanhas é bem dinâmico.

A EMAMI possui dados desde junho de 2007, as variáveis monitoradas são: precipitação (mm), temperatura do ar (°C), temperatura do ponto de orvalho (°C), umidade relativa do ar (%), pressão atmosférica (hPa), velocidade do vento (m/s), direção do vento (graus), e radiação global (KJ/m²).

A seguir foi descrita uma análise dos dados climatológicos disponíveis desta estação (junho de 2007 a março de 2017, + ou – 10 anos). As variáveis analisadas foram: precipitação, temperatura do ar, umidade relativa do ar, velocidade e direção do vento.

Para cada variável analisada a quantidade de falhas na série histórica foi de:

Variável meteorológica Falhas na série histórica 
Precipitação 17,4%
Temperatura 6,9%
Temperatura Máxima 3,4%
Temperatura Mínima 3,5%
Umidade 6,0%
Ventos – Direção 5,6%
Ventos – Velocidade 6,5%

Os dados de precipitação apresentaram muitas falhas, nenhum ano teve a série completa. Foi possível fazer as estatísticas de média mensal para uma série de 5 anos em média, em alguns meses houve mais anos e em outros menos.

A média anual de precipitação para a EMAMI é de 3.082,5 mm. Bem superior a classe descrita no Atlas Climatológico do Estado de Santa Catarina (ACESC) (>=1.500 – 1.700), e também no Atlas Pluviométrico do Brasil (1.600 mm).

A distribuição das chuvas ao longo do ano pode ser observada no gráfico abaixo, sendo o mês de janeiro o mais chuvoso (400,2 mm), e junho o menos chuvoso (135,2 mm).

Precipitação mensal na Estação Meteorológica Automática Morro da Igreja. Elaborado por Yara de Mello, 2017.

A temperatura média anual na EMAMI é de 11°C (no ACESC está na classe >=11 – <12) O mês mais quente em média é janeiro (14,2°C), e os meses mais frios são junho e julho (7,8°C).

Temperatura média, média das mínimas, e média das máximas na Estação Meteorológica Automática Morro da Igreja. Elaborado por Yara de Mello, 2017.

Temperatura média, média das mínimas, e média das máximas na Estação Meteorológica Automática Morro da Igreja. Elaborado por Yara de Mello, 2017.

A temperatura máxima registrada foi de 26,7°C, no dia 4 de fevereiro de 2010 às 14 horas. E a temperatura mínima registrada foi de -7,8°C, no dia 23 de julho de 2013 às 8 horas.

A umidade relativa do ar média para a AMAMI é de 84% (No ACESC está na classe 82 – 84%). Os meses com a maior umidade relativa média são janeiro e abril (89,3%), e o mês com a menor umidade relativa é junho (76,6%).

Umidade relativa do ar média na Estação Meteorológica Automática Morro da Igreja. Elaborado por Yara de Mello, 2017.

A classe predominante de velocidade dos ventos é a de 5,7 a 8,8 m/s (27,4%), conforme figura abaixo.

Classes de velocidade dos ventos na Estação Meteorológica Automática Morro da Igreja. Elaborado por Yara de Mello, 2017.

Por fim, a direção predominante dos ventos na EMAMI é de noroeste (39,5%), seguido por sul (17,6%), conforme figura abaixo.

Frequência da direção dos ventos na Estação Meteorológica Automática Morro da Igreja. Elaborado por Yara de Mello, 2017.

 

A intenção aqui foi apresentar resultados de uma análise estatística dos dados. Com eles é possível se ter uma noção sobre algumas características climáticas do Morro da Igreja. O que é muito interessante por diversos fatores, como por exemplo, para planejar uma travessia pela região no mês menos chuvoso do ano.