Autora: Yara de Mello

Quem teve a oportunidade de caminhar pela trilha de acesso ao Monte Crista, Jurapê, Morro da Tromba, etc. já avistou esta espécie arbórea. Alguns dizem que é araça, outros que é pau-ferro, ou ainda pau-brasil.

Essa dúvida me acompanhou por alguns anos até que decidi descobrir qual o nome correto. Conversei com alguns biólogos, e ambos me disseram que se trata de uma espécie denominada de Eugenia multicostata D. Legrand.

Esta espécie possui alguns nomes populares, tais como pau-alazão e araça-piranga. Devem existir outros nomes com certeza, mas estes parecem ser os mais conhecidos.

No mapa abaixo destaco a localização de três exemplares situados na trilha de acesso ao Monte Crista. O exemplar de número 1 é aquele localizado na Clareira.

(clique sobre a imagem para visualizar melhor)

Mapa de localização de três exemplares de pau-alazão na trilha de acesso ao Monte Crista (Garuva/SC). Elaborado por: Yara de Mello, 2017.

 

(clique sobre a imagem para visualizar melhor)

Exemplares de pau-alazão na trilha de acesso ao Monte Crista. Fotos: Yara de Mello, 2017.

 

Para fins de comparação veja a figura abaixo, a qual traz ilustrações de pau-ferro, pau-brasil e pau-alazão:

Pau-ferro, pau-brasil e pau-alazão. Fonte: http://www.ebc.com.br/infantil/voce-sabia/2016/03/conheca-o-pau-ferro-o-ebano-brasileiro; http://www.arvoresdf.com.br/especies/exoticas/pau-brasil.htm; Yara de Mello, 2017.

 

Segundo Borgo et al. (2011) a distribuição da espécie é restrita ao sul/sudeste da Floresta Atlântica. Sendo encontrada na Floresta Ombrófila (Floresta Pluvial), Floresta Ombrófila Mista, e Restinga.

 

Para mais informações CLIQUE AQUI e AQUI.

 

Agradecimento especial a ajuda dos biólogos Fábio Christiano Speck Vieira, Juliane Petry e Eli Carlos de Nardin.

 

Fonte: BORGO, M.; TIEPOLO, G.; REGINATO, M.; KUNIYOSHI, Y. S.; GALVÃO, F.; CAPRETZ, R. L.; ZWIENER, V. P. ESPÉCIES ARBÓREAS DE UM TRECHO DE FLORESTA ATLÂNTICA DO MUNICÍPIO DE ANTONINA, PARANÁ, BRASIL. Floresta, Curitiba, PR, v.41, n.4, p.819,-832, out./dez., 2011.